alta cultura

na faixa

Nome Frio

O documentário “Nome Frio”, dirigido por Ana Paula Quintino, apresenta entrevistas de pessoas que conviveram com Hebert de Souza, o sociólogo Betinho, quando viveu de forma clandestina, entre os anos de 1969 e 1970, em Mauá-SP por conta de sua militância política quando era membro da AP (Ação Popular). Após a exibição do documentário acontece um bate-papo com a diretora, Ana Paula Quintino, Mateus Prado, presidente de honra do Instituto Henfil, Maria Aparecida Aquino, professora da USP e especialista em Ditadura Militar e Tilden Santiago, ex-embaixador do Brasil em Cuba.

serviço

o quê: Nome Frio (Betinho, clandestino em Mauá)
quando: 29 de junho, às 19h
onde: Livraria Cultura Market Place Shopping Center (100 lugares)
endereço: Av. Dr. Chucri Zaidan, 902 – Vila Cordeiro
telefone: (11) 3474-4033
entrada: gratuita – Os ingressos devem ser retirados no dia do evento.
informações: www.livrariacultura.com.br

29/06/2011 - Posted by | cinema | , , , , , ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: