alta cultura

na faixa

Viver Sem Dinheiro

O documentário “Viver sem dinheiro”, da diretora Line Halvorsen, apresenta Heidemarie Schwermer, de 67 anos, que trabalhou durante muitos anos como psicoterapeuta e professora em Dortmund, na Alemanha. Como a maioria das pessoas à sua volta, ela passava a maior parte do tempo trabalhando para ganhar dinheiro para poder comprar as coisas que precisava – e as que não eram realmente necessárias. Como psicoterapeuta, ela conheceu muitas pessoas deprimidas e frustradas, pessoas que trabalhavam excessivamente e possuíam muito pouco tempo livre, ou que eram pobres ou desempregadas e sentiam-se inúteis. Heidemarie teve então a ideia de começar um clube de trocas, onde pessoas sem dinheiro podiam trocar objetos e favores. Através do clube de trocas as pessoas entraram em contacto umas com as outras de uma forma totalmente diferente. Sentiam-se úteis e dignas e apreciavam também o aspecto social. Passado uns tempos Heidemarie decidiu fazer uma experiência. Ela deixou o seu apartamento, deu tudo que possuía a amigos e começou uma nova vida baseada na troca de favores – sem o uso de dinheiro. O seu objetivo era conscientizar as pessoas para a sua relação com o dinheiro e consumo. Inicialmente ela ficou com amigos e conhecidos, tomando conta de suas casas quando eles estavam de férias ou viajando recebendo em troca comida e um lugar para viver. Ela foi a inspiração por trás da criação de clubes de troca por toda a Alemanha. Escreveu um livro sobre a sua vida e o seu estilo de vida se espalhou. Há 12 anos que vive sem dinheiro e diz que nunca se sentiu tão livre. O filme Viver sem Dinheiro segue o dia a dia de Heidemarie e com ele ficamos a saber sua história e filosofia.

serviço

o quê: Viver Sem Dinheiro (2010, 52 min)
quando: 9 de setembro, às 20h
onde: Espaço Matilha Cultural (90 lugares)
endereço: Rua Rego Freitas 542 – Centro
telefone: (11) 3256.2636
entrada: gratuita – retirar meia hora antes
informações: http://matilhacultural.com.br/

Anúncios

09/09/2011 - Posted by | cinema | , , , , , , ,

1 Comentário »

  1. Sem duvida o dinheiro gera necessidade de mais dinheiro, pelas suas facilidades. Agora, quando não e suficiente pode deixar a pessoa em depressão. O aumento da população e um outro fator onde ocasiona também dependência pelo dinheiro, justamente onde não há muitos recursos os serem humanos querem, sempre o melhor. O interessante a senhora Heidemarie Schwermer encontrou um outro caminho adormecido. Esse caminho foi muito usado nos seculos passado no mediterrânio. Justamento pelos periodo das grandes navegações, onde a moeda era a base da troca. Entretanto, o que chamou minha atenção foi o tempo, 12 anos vivendo sem dinheiro. Na minha opinião ter compromisso, tratar com pessoas honestas, de confiança e formidavel. A troca sem duvida tem que ser nesses termos.

    Comentário por Ricardo | 22/04/2012 | Responder


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: