alta cultura

na faixa

Cia Mútua conta a história de Saint-Exupéry

Um príncipe chamado Exupéry - Divulgação

O espetáculo “Um príncipe chamado Exupéry”, da Cia Mútua, retrata, por meio do teatro de animação, a vida do escritor francês Antoine de Saint-Exupéry, autor de O Pequeno Príncipe, no período de 1926-1944, época em que trabalhou para a companhia de correio aéreo francesa Aéropostale, entregando cartas em vôos que se estendiam pela Europa, África e América do Sul. A peça é encenada em um hangar cenográfico, onde os atores interpretam mecânicos trabalhando e esperando pelo avião que está prestes a pousar. Os portões se abrem e o público se transforma em “passageiro”. Todos da plateia são convidados a esperar o avião na parte interna, acomodando-se em caixotes, bancos, lonas e respirando a atmosfera de um ambiente de voo dos anos 1920. O tema retrata o cotidiano e aspirações de Saint-Exupéry, durante suas viagens, sobretudo as escalas que ele fazia na cidade de Florianópolis (SC), onde ficou conhecido como “Zéperri”.

serviço

o quê: Um príncipe chamado Exupéry (50 min)
quando: 9 e 10 de fevereiro, sábado e domingo, às 19h
onde : Caixa Cultural Sé (60 lugares)
endereço: Praça da Sé, 111 – Centro
telefone: (11) 3321.4400
entrada: gratuita – Retirar ingressos uma hora antes do show
classificação: livre
informação: http://www.caixacultural.com.br

09/02/2013 Posted by | infantil | , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Um príncipe chamado Exupéry

Um príncipe chamado Exupéry - Divulgação

O espetáculo “Um príncipe chamado Exupéry”, da Cia Mútua, retrata, por meio do teatro de animação, a vida do escritor francês Antoine de Saint-Exupéry, autor de O Pequeno Príncipe, no período de 1926-1944, época em que trabalhou para a companhia de correio aéreo francesa Aéropostale, entregando cartas em vôos que se estendiam pela Europa, África e América do Sul. A peça é encenada em um hangar cenográfico, onde os atores interpretam mecânicos trabalhando e esperando pelo avião que está prestes a pousar. Os portões se abrem e o público se transforma em “passageiro”. Todos da plateia são convidados a esperar o avião na parte interna, acomodando-se em caixotes, bancos, lonas e respirando a atmosfera de um ambiente de voo dos anos 1920. O tema retrata o cotidiano e aspirações de Saint-Exupéry, durante suas viagens, sobretudo as escalas que ele fazia na cidade de Florianópolis (SC), onde ficou conhecido como “Zéperri”.

serviço

o quê: Um príncipe chamado Exupéry (50 min)
quando: até 10 de fevereiro, de quarta a domingo, às 19h
onde : Caixa Cultural Sé (60 lugares)
endereço: Praça da Sé, 111 – Centro
telefone: (11) 3321.4400
entrada: gratuita – Retirar ingressos uma hora antes do show
classificação: livre
informação: http://www.caixacultural.com.br

01/02/2013 Posted by | teatro | , , , , , , , , , , | Deixe um comentário