alta cultura

na faixa

Prêmio MASP Mercedes-Benz de Artes Visuais

Paulo Nazareth Divulgação

A exposição “Prêmio MASP Mercedes-Benz de Artes Visuais” apresenta os trabalhos de seus premiados na primeira edição. Anna Maria Maiolino e Paulo Nazareth, premiado como Talento Emergente, trazem duas exposições com obras que foram referência para a decisão do júri além de obras inéditas. Anna Maria Maiolino exibirá algumas de suas principais obras ao longo de seus 50 anos de carreira. São cerca de 300 m² que receberão conjuntos de obras da série: Novas Mídias, realizadas com fotografias, super-8 transcritos em vídeo, vídeos digitais, sons e instalações. Já Paulo Nazareth apresenta trabalhos realizados ao longo dos dois últimos anos, em especial da série Notícias de América, performance realizada quando partiu de sua casa em Palmital, Minas Gerais, destinado a participar da Art Basel Miami, a mais importante mostra de arte dos Estados Unidos. Entre caronas e caminhadas, foram 700 km a pé, num trajeto que levou seis meses e 15 dias. Sem ter lavado os pés, Nazareth transformou a sujeira acumulada em obra de arte: levou poeira de cada cidade que passou até Nova York, e lá banhou os pés no rio Hudson. Gravuras e instalações completam a mostra.

serviço

o quê: Prêmio MASP Mercedes-Benz de Artes Visuais
quando: até 10 demarço, das 10h às 18h
onde: Museu de Arte de São Paulo – Galeria Clemente de Faria, mezanino e subsolo do MASP.
endereço: Av. Paulista 1578 – Bela Vista
telefone: (11) 3251.5644
entrada: gratuita apenas nas terças-feiras
classificação: livre
informações: http://masp.art.br

29/01/2013 Posted by | exposição | , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Meditação, Transe

A exposição “Meditação, Transe”, com curadoria de Marcio Harum e Pedro Mendes exibe obras dos artistas: Adriano Costa, Bas Jan Ader, Claudia Andujar, Deyson Gilbert, Hudinilson Jr., Jen DeNike, John Mawurndjul, Kim Jones, Luis Gispert, Maya Deren, Mona Hatoum, Paulo Nazareth, Pierre Verger, Rivane Neuenschwander, Ryan McNamara, Shaun Gladwell, Sonia Gomes e Terence Koh. A concentração para o esvaziamento da mente cria uma perspectiva de neutralidade histórica. Tal exercício de suspensão temporal deixa impressões: o aspecto transiente das obras que resulta em contundentes intenções empiricas e não formalistas. A exposição coletiva ‘Meditação, Transe’ reúne trabalhos que lidam com uma certa ausência matérica em sua própria constituição, e que ao ultrapassarem os limites de sua própria ontologia, atingem terrenos onde estados alterados de percepção e memória de movimentos corporais aproximam-se ao transe.

serviço

o quê: Meditação, Transe
quando:até 24 de setembro, segunda a sábado, das 10h às 19h
onde: Galeria Mendes Wood
endereço: Rua da Consolação, 3358 – Jardins
telefone: (11) 3113.3651
entrada: gratuita – retirar senha uma hora antes da sessão
classificação: livre
informações: http://www.mendeswood.com

05/09/2011 Posted by | exposição | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário