alta cultura

na faixa

Jovens Não, Fábrica de Animais e X So Pretty

Fabrica de Animais- Divulgação

O Ponto pro Rock traz as bandas Jovens Não, Fábrica de Animais e X So Pretty. Após três anos como guitarrista da banda de surf music Os Pazuzus, Marcelo Jhonas voltou aos microfones e reuniu o baterista Mario Braune e o baixista Felipe Nephlin, da banda de rock alternativo Perla Siete. Ao final de seis meses de jams, decidiram pelo nome “Jovens Não”. O peso da guitarra, a precisão do baixo e a bateria encadeada e bem marcada, em uma autêntica melodia rock ’n’ roll torna difícil manter o corpo parado. Formada em 2007, a sonoridade da banda “Fabrica de Animais” remete ao rock’n’roll, ao blues e ao jazz.A banda, cujo nome é uma referência ao livro homônimo de Edward Bunker, ganhou destaque rapidamente no circuito alternativo de São Paulo. Fernanda D’Umbra comanda os vocais, enquanto Sérgio Arara a guitarra, Flávio Vajman a gaita, o acordeon e o rubboard, Caio Góes no contrabaixo e Cristiano Miranda na bateria. Cuidam do som com a habilidade de quem está há tempos na estrada. Formado em 2008, o “X So Pretty” apresenta um trio feminino a frente do palco, com Nanda Cury no vocal, Michele Bertholdo na guitarra e Pamella Vapsys no baixo. Luiz Arnault nos teclados e Ciro Figuerêdo na bateria completam o instrumental.

serviço

o quê: Jovens Não, Fábrica de Animais e X so Pretty
quando: 1 de dezembro, às 15h
onde: Praça Victor Civita
endereço: Rua Sumidouro, 580 – Pinheiros
telefone:(11) 3037-8696
entrada: gratuita
classificação: livre
informação:http://pracavictorcivita.abril.com.br/

01/12/2012 Posted by | show | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Maria Alcina

A cantora mineira Maria Alcina estremeceu o Maracanãzinho com a música Fio Maravilha, do então Jorge Ben, no Festival Internacional da Canção, em 1972. Com a carreira pautada em buscas e desafios, ela vem se destacando por sua irreverência e alegria. Em 2009, a diva ganhou o Prêmio da Música Brasileira por seu disco Confete e Serpentina, nas categorias de Melhor Cantora, Melhor Disco e Melhor Produção. Neste tributo ao centenário do nascimento de Gonzagão, Alcina, que completa quarenta anos de carreira em 2012, estará acompanhada por Olívio Filho (acordeom e direção musical), Sergio Arara (violão) e Gustavo Souza (percussão). Em sua forma singular de cantar forró, ela homenageia o Velho Lua, de quem já gravou Paraíba, um grande sucesso na voz de Alcina.

serviço

o quê: Maria Alcina ( 60 min)
quando: 28 de julho, às 16h
onde: SESI Vila Leopoldina (40 lugares)
endereço: Rua Carlos Weber, 835 – Lapa
telefone: (11) 3882-1066
entrada: gratuita
classificação: livre
informação: www.sesisp.org.br

28/07/2012 Posted by | show | , , , , , , , , | Deixe um comentário